domingo, 2 de agosto de 2015

Eat Love - 1 mês de treino - parte I


Por mais que nos tentem convencer, às vezes é difícil acreditarmos que conseguimos resultados mais rápidos só porque temos alguém ao nosso lado a puxar por nós. Eu achava que a diferença era quase zero ou lá perto e por isso sempre fiz questão de treinar sozinha. Já é um bom princípio claro, mas o que é certo é que por mais exigentes que sejamos connosco é difícil percebermos qual é o nosso verdadeiro limite.

Passo a explicar: quando comecei a treinar mais a sério, há cerca de dois anos e meio, comecei por adoptar a corrida como parte principal do meu treino. Lembro-me que a primeira vez que corri  (no paredão Estoril - Cascais) não aguentei mais do que 10 minutos seguidos. Com o passar do tempo comecei a aumentar os meus tempos e a explorar outros caminhos. 

Chegou a altura de fazer o treino de alta intensidade de que tanto se falava. Comecei devagarinho com as sessões da Lisa do BodyRock TV, onde me propus a fazer o 30 day challenge (30 dias, 30 treinos diferentes que envolviam corda, pesos, flexões, abdominais e 30 por uma linha), completei o treino e senti que foi aí que o bichinho viciante começou a surgir. 

Rapidamente passei a querer mais intensidade e foi aí que conheci o famoso Insanity Workout, onde me propus a fazer 60 dias de treinos (com 1 dia de descanso semanal) de altíssima intensidade. O grande problema deste treino é o facto dos vídeos serem sempre muito repetitivos, o que, para mim não era uma grande ajuda pois já sabia aquilo de cor e confesso não lidar muito bem com a monotonia. De qualquer forma notei uma evolução gigantesca na minha resistência, principalmente quando ia correr ao ar livre, corria mais rápido e a minha respiração estava super controlada.

Depois de 1 mês a treinar com o Luís (Luís Pardal Personal Trainer), só posso dizer que realmente andava enganada. Os treinos, para além de renderem mais, pois a atenção está totalmente focada em mim, dão muitos e melhores resultados! 

E porque é que é tão bom treinar com o Luís?

  • Ele sabe desde o início quais são os meus objectivos e os treinos são traçados à medida daquilo que quero atingir;
  • Funciona como uma consciência extra que está ao meu lado a puxar por mim, e quando penso que já não consigo mais, eis que surge uma voz ao meu lado a dizer "força, tu consegues!!Só mais uma!";
  • Todos os meses fazemos uma avaliação geral (medidas, pesagens) que me dão mais motivação para continuar;
  • Para além do apoio durante o treino, tenho apoio fora do treino com dúvidas, treinos para as férias;

To be continued....


Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas!

Para subscrever o canal Youtube clique aqui! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove