segunda-feira, 31 de março de 2014

Eat Love - Nutri Tip #2


Via Pinterest

O Facebook tem-se tornado um fenómeno global e um espaço activo de comparação social. Com o aumento do uso da tecnologia, há uma correlação positiva com uma menor percepção da imagem corporal em mulheres jovens. Num estudo publicado no International Journal of Eating Disorders, 960 mulheres estudantes de universidade foram avaliadas consoante o tempo que passavam em redes sociais, o quão importantes são os “likes” e se se desmarcavam (untag) das suas fotografias ou não.

Mais de 95% das mulheres universitárias usavam Facebook, sendo que descreviam despender habitualmente 20 minutos no site em cada visita, contribuindo para mais de uma hora diária. As mulheres que passavam mais tempo no Facebook reportavam uma maior incidência de comportamentos focados na aparência e maior patologia do comportamento alimentar. Estas mulheres eram mais susceptíveis a dar importância aos comentários recebidos e “likes” nas actualizações dos estados, desmarcavam-se (untag) frequentemente de fotografias delas e comparavam as suas fotografias às das amigas. 

Apesar de ser a principal causa do problema, os investigadores sugerem que o Facebook se possa tornar um factor de manutenção para programas de prevenção. O principal objectivo é encorajar as mulheres a desenvolverem uma melhor auto-imagem e praticarem o uso responsável de sites de redes sociais. 

Maria Travassos


Sigam a minha página aqui!

Source: Wiley. (2014, March 4). Hungry for 'likes': Anxiety over Facebook photos linked to eating disorders. ScienceDaily. Retrieved March 15, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/03/140304102438.htm


domingo, 30 de março de 2014

Eat Love - Baked Apple with a twist!

Photography . Samanta McMurray


Há aqueles dias em que não conseguimos terminar uma refeição sem uma sobremesa. Sem congratularmos o nosso querido estômago por uma semana saudável e regrada. Hoje é um desses dias, e com a chuva a cair lá fora esta ainda nos vai saber melhor!

E quem diria que uma sobremesa destas podia ser tão nossa amiga?



Scrooll down for english version

Photography . Samanta McMurray








Ingredientes para 1 maçã



  • 1 maçã reineta pequena 
  • 1 colher de sopa de ricotta 
  • 1 morango médio
  • 1 colher de café de côco ralado
  • 1 pitada de gengibre fresco ralado 
  • 1 pitada de canela 
  • algumas gotas de lima 

Começar por retirar o centro das maçãs com um tira caroços. Dar uns golpes em crus no topo das maçãs para poderem abrir enquanto assam. Numa travessa de ir ao forno, dispôr as maçãs e regá-las com sumo de lima e gengibre fresco ralado e canela em pó  a gosto.
Levar ao forno por 30 min (180º).

Retirar do forno e servir com uma colher de sopa de ricotta, um morango picado e uma pitada de côco ralado.


Photography . Samanta McMurray








































Ingredients for 1 apple

  • 1 apple
  • 1 tbs of ricotta cheese
  • 1 medium strawberry
  • 1 cofee spoon of shredded coconut
  • a pinch of fresh shredded ginger
  • a pinch of cinnamon
  • a few drops of lime juice
Start by taking of the center of the apples. Display them on a oven platter and cut a cross on top of the apples do thay can open while they cook. Season with lime juice, ginger and cinnamon to taste.
Put them in the oven (350ºF) for 30 min.

Serve individually with a tbs of ricotta, one strawberry and the shredded coconut.

Photography . Samanta McMurray






Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 
Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove


Visit our facebook page and  like it if you enjoy our recipes!

You can also follow our instagram @eatlovewithlove


quinta-feira, 27 de março de 2014

Eat Love - Food ID #1










O morango é visto como um dos frutos de eleição, pela sua beleza, sabor, e também pela sua praticidade em transportar. É só lavar e comer! É ele que estreia a nossa rúbrica semanal do Food ID (B.I. dos alimentos), onde vamos analisar os alimentos mais falados numa alimentação saudável e despir de preconceitos aqueles que muitas vezes ignoramos por pensarmos que nos engordam ou nos fazem mal!

Com aproximadamente 50 kcal em 8 morangos grandes podemos também obter cerca de 160% da DDR (dose diaria recomendada) de Vitamina C! 

A época deles está a chegar! Usem e abusem desta iguaria colorida!


Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 
Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove


Visit our facebook page and  like it if you enjoy our recipes!

You can also follow our instagram @eatlovewithlove



quarta-feira, 26 de março de 2014

Eat Love - Healthy mini chocolate pancakes!



Photography . Samanta McMurray



Muito provavelmente, depois de "folhear" esta página de fio a pavio, muitos de vós já se aperceberam da minha tamanha panca por panquecas! Pois é, sem dúvida a veia americana a esplanar-se em todo o seu esplendor!
Esta é só mais uma receita das muitas que já passaram e passarão por aqui! 

Mas esta é especial:

  1. Tem chocolate!
  2. Sabe ainda melhor que todas as que já aqui partilhei!
  3. É a primeira receita avaliada pela nossa querida Maria Travassos!
Resumindo, já podem saborear com conhecimento!
Não é tão bom?


Photography . Samanta McMurray

Cálculo feito para meia dose de panquecas



Ingredientes para 5 mini panquecas (ideal para 2 pessoas - a última lutem por ela)
  • 60g de farinha integral
  • 1 colher de sopa  de linhaça
  • 1 colher de sopa  de cacau magro (100%) Fold
  • 5 avelãs esmagadas (não sei o peso)
  • 1 colher de sopa de mel
  • 100 ml de água morna
Topping
  • 20g de frutos vermelhos congelados (mistura de amoras, mirtilos, framboesas
  • 20g de ricotta
  • 1 fio de mel
NOTA: Receita ideal para pequeno almoço, snack pré-treino ou brunch de Domingo!


Numa taça misturar a farinha, a linhaça, o cacau magro e as avelãs esmagadas. Numa caçarola misturar a colher de mel em 100ml de água e deixar dissolver. Adicionar a mistura à massa previamente preparada e misturar bem até ficar homogéneo.
Aquecer bem uma frigideira e colocar no mínimo. Adicionar uma conxa de massa de panqueca e esperar até formar uma espécie de bolinhas no topo, virar a panqueca com a ajuda de uma espátula e esperar mais 2 minutos. 
Servir com ricotta, frutos vermelhos e um fio de mel! Ou o topping que quiserem claro!

Espero que gostem!

Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 
Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove



Visit our facebook page and  like it if you enjoy our recipes!


You can also follow our instagram @eatlovewithlove


terça-feira, 25 de março de 2014

Eat Love Veggie soup!

Photography . Samanta McMurray


Uma sopa fresca para abrir a semana! Esta também serve de detox e pode ser bebida como entrada de um almoço leve!



Nesta receita usámos loiças da ALDEIA DA BOLOTA para “vestir” o nosso prato! Uma aldeia que nasceu no coração do Chiado Rua Ivens nº5. Para quem está longe e adora comprar tudo o que é português visite https://www.facebook.com/aldeiabolota pois aceitam-se encomendas, para nos sentirmos mais perto e em casa! Adoramos o que é nosso!



Sigam este portal inspirador com muitas surpresas diárias aqui!

Façam like na página do Facebook aqui!

Podem também seguir a Vanessa Martins no instagram aqui!

segunda-feira, 24 de março de 2014

Eat Love - Nutri Tip #1

photo via Pinterest






Uma criança corre subitamente para a estrada. Um condutor que tenha comido recentemente espinafres ou ovos irá travar mais rapidamente, graças ao aminoácido tirosina encontrado nestes e noutros alimentos. 

Investigadores da Leiden University e University of Amsterdam desenvolveram o primeiro estudo que testou se o aporte de tirosina melhora a capacidade de parar uma actividade à velocidade da luz. As descobertas parecem confirmar esta hipótese. O efeito positivo da tirosina no nosso tempo de reacção pode ter benefícios para a segurança na estrada. Para além disso, alimentos ricos em tirosina (espinafres, ovos, queijo, soja, carne de frango e peru, peixe, amêndoas, amendoins...) constituem uma forma saudável e económica de melhorar as capacidades intelectuais, tornando-se preferíveis aos produtos que muitos estudantes procuram para melhorar a sua performance académica. 

Nutricionista Maria Travassos

Source: Leiden, Universiteit. (2014, February 11). Eat spinach or eggs for faster reflexes: Tyrosine helps you stop faster. ScienceDaily. Retrieved March 15, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/02/140211083859.htm

domingo, 23 de março de 2014

Eat Love - A super nutritious partner!

Photography. Samanta McMurray (agradecimento especial ao Health Club Visconde)

Hi everyone!

O fascínio pela área da nutrição surgiu muito cedo, ao aprender que existiam umas “coisas” nos alimentos chamadas nutrientes que influenciavam a nossa saúde. 

A partir daí o caminho tornou-se logo claro: ser nutricionista era exactamente a profissão que me assentava. Tirei o curso de Ciências da Nutrição no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz e vi esse objectivo atingido. Apesar disso, parecia que ainda faltava alguma coisa para completar o conhecimento na área. Posto isso decidi tirar a Pós-graduação e Mestrado em Doenças Metabólicas e o Comportamento Alimentar na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Senti então que aprofundei o conhecimento científico mas ainda assim continuava a faltar qualquer coisa. Sempre acreditei que a alimentação é muito mais do que o acto de comer. Os alimentos fazem parte do nosso quotidiano como a base da socialização, proporcionam-nos emoções, fazem-nos relembrar momentos, são a maneira perfeita de festejar e comemorar quando estamos contentes ou um refúgio quando estamos tristes. As dietas da moda e medicamentos milagrosos nunca fizeram sentido para mim porque sempre acreditei que há algo mais importante do que os comportamentos momentâneos: aquilo que somos e aquilo em que acreditamos – a vertente emocional da nutrição. E foi por isso que decidi fazer a especialização em Nuticoaching e tornar-me Nutricoach, em que alio a vertente motivacional ao conhecimento científico.

A parceria com o Eat Love vai precisamente ao encontro destes aspectos. Se eu consigo adaptar a minha alimentação e posso experimentar receitas deliciosas, com um aspecto de revista, que ainda por cima são saudáveis e me ajudam a gerir o peso, o que mais posso querer? A partir de agora vão ter a oportunidade de conhecer mais a fundo estas receitas deliciosas, aceder a dicas de nutrição, ficar a par dos novos estudos que são feitos nesta área e muito mais! 

Espero que gostem! 

Maria Travassos


Sigam a minha página aqui!

About




Olá, o meu nome é Samanta!

Sou Arquitecta de formação, nascida em Cascais junto ao mar e actualmente vivo no coração de Lisboa.
Há cerca de um ano apaixonei-me pela fotografia de comida e rapidamente conjuguei o meu estilo de alimentação a esta paixão que fizeram nascer o Eat Love.


Desde pequena que a alimentação saudável e o desporto fazem parte da minha vida (porque sempre tive muita facilidade em engordar) e claro, com muitos altos e baixos, e muitas asneiras pelo caminho, aprendi a ignorar a palavra dieta e abraçar um estilo de vida saudável e equilibrado que tem vindo a ser mais regrado desde que este espaço nasceu. 


Muitas vezes sou questionada acerca das minhas orientações gastronómicas, isto é, se sou pescetariana, vegetariana ou até vegan!
Vou confessar uma coisa: não gosto de rótulos, muito menos no que diz respeito a hábitos alimentares. 

Neste momento considero ter uma alimentação equilibrada onde entra o peixe e a carne, muitos legumes e muitas sementes.
No fundo sou adepta de uma alimentação variada onde faço questão de inserir alimentos o menos processados possível, ou seja, o mais perto do seu estado natural.

Apesar de tentar, nem sempre compro alimentos biológicos porque nem sempre tenho oportunidade, e também tenho, como qualquer pessoa saudável, ataques de gula, principalmente por chocolate! 

Tenho alguns truques na manga que me ajudam a manter este estilo sem grandes sacrifícios tentando sempre adaptar alguns pratos a uma versão saudável:

. Substituo a farinha, o arroz ou as massas brancas sempre pelas versões integrais;

. Os cereais de pequeno almoço passaram aos flocos de aveia integral;

. O iogurte açúcarado passou a natural e grego de preferência;

. Sempre que quero adoçar algum prato uso mel de preferência biológico;

. Passei a introduzir legumes verdes (couve, alface, bróculos, espinafres) nos meus sumos naturais;

. No lugar das manteigas/margarinas opto pelos cremes de frutos secos como a pasta de amêndoa, amendoim, sésamo e sementes de abóbora;

. Como mais peixe e carnes brancas;

. Tento sempre evitar o leite animal mas por uma questão de intolerânica, e por isso opto pelos leites alternativos como o de aveia, arroz, amêndoa ou côco;

. Nomes como Quinoa, Spirulina, Chlorella, Chia passaram a fazer parte do meu dicionário!

. Fazer desporto, nem que seja 20 minutos por dia, passou a ser a minha religião!


Sou alguém que tenta cuidar de si própria através de uma boa nutrição, e quem me conhece já me deve ter ouvido dizer que através de uma boa alimentação/nutrição juntamente com desporto conseguimos evitar uma série de doenças, construir dentro de nós uma saúde de ferro e evitar as tais idas ao médico e a toma de medicamentos por tudo e por nada. 

Neste momento posso dizer que só visito um médico em situações agudas e mesmo que me sinta um pouco mais em baixo, o que é normal, as minhas constipações são leves e  muito fáceis de recuperar.

Não sou nutricionista nem tenho qualquer formação nessa área. Sou simplesmente uma entusiasta da nutrição, pesquiso, leio e interesso-me por aquilo que ingiro.
Acredito religiosamente que somos, em grande parte, aquilo que comemos! 
Se comermos alimentos ricos e que nos fazem bem o mais certo é termos um aspecto saudável e brilharmos de dentro para fora e isso vê-se! Acreditem!

Convido-vos a experimentar não uma dieta, mas um estilo de vida que vos vai ajudar a sentir melhor, com mais vitalidade e energia para dar e vender!


Samanta McMurray


terça-feira, 18 de março de 2014

Eat Love - Frederica's Salad!














Uma salada cheia de cor e sabor não se nega a ninguém, muito menos quando o sol está aí a dar o ar da sua graça!



Nesta receita usámos loiças da ALDEIA DA BOLOTA para “vestir” o nosso prato! Uma aldeia que nasceu no coração do Chiado Rua Ivens nº5. Para quem está longe e adora comprar tudo o que é português visite https://www.facebook.com/aldeiabolota pois aceitam-se encomendas, para nos sentirmos mais perto e em casa! Adoramos o que é nosso!



Sigam este portal inspirador com muitas surpresas diárias aqui!

Façam like na página do Facebook aqui!

Podem também seguir a Vanessa Martins no instagram aqui!