terça-feira, 30 de setembro de 2014

Eat Love - A melhor papa de banana!

Photography . Samanta McMurray

Como muito provavelmente já devem ter reparado, não vivo sem bananas! É o meu sustento em todos os momentos de fome, e, acreditem que nesta temporada fora de casa têm sido a minha salvação! 
São baratas, saborosas, energéticas, saciantes, práticas, não precisam de frigorífico e podia continuar aqui mais umas horas a adjectivar estas maravilhas!
Esta papa é só mais uma das milhares de receitas que faço com banana, e chamo-lhe papa porque me faz lembrar a infância, em que a minha querida Mãe me preparava uma bela papa de banana esmagada com sumo de laranja e iogurte, esmagada à moda antiga! Com um garfo!

É caso para dizer: Mommy, I miss you!!


Ingredientes

  • 2 bananas pequenas
  • 1 iogurte natural sem açúcar
  • 1 colher de café de mel 
  • 10g de cacao nibs Ox Nature
  • 1 pitada de canela
 1. Esmagar as bananas com a ajuda de um garfo 2. Servir com o iorgute, o mel, a canela e os cacao nibs 
no topo. 

Please scrooll down for english version



Avaliação nutricional de Nutricionista Maria Travassos por pessoa (Kcal / Protein / Fat / Carbs per serving)
Photography . Samanta McMurray



As you probably may have noticed, I can't live without bananas! It's my thing! My salvation when I'm hungry and, believe me, now that I am away from home they have been my best friends every single day!
Low budget, healthy, delicious, energetic, practical and "to go", don't need a refrigerator...and I could keep on going with all the amazing things about these little wonders!
This baby mash it's just one of the million recipes I make with bananas, and I call it baby mash because it remindes me of my childwood, wheen my mother used to make me banana, yogurt and orange mash, mashed with a fork! Like old times!

It feels right to say: Mommy, I miss you!!

Ingredients

  • 2 small bananas
  • 125ml natural plain yogurt (sugarfree)
  • 1/2 tsp honey
  • 10g of cacao nibs Ox Nature
  • 1 pintch of cinnamon
1. Mash the bananas with a fork. 2. Servewith yogurt and top with honey, cinnamon and cacao nibs.



Photography . Samanta McMurray

Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove

Façam like na página Nutricionista Maria Travassos!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Eat Love - Insta Recipe #2

http://instagram.com/eatlovewithlove


Começamos a semana com mais uma receita retirada do Instagram @eatlovewithlove! Um smoothie in a bowl, ou batido numa tigela, espesso, doce e nutritivo que nos vai tirar da cama para o dia mais difícil da semana! 

Boa Segunda-Feira!!

Ingredientes 

  • 1 banana grande
  • 150ml de leite de amêndoa frio
  • 3 colheres de sopa de aveia 
  • 1colher de chá de linhaça
  • 1colher de chá de sementes de cânhamo 
  • Framboesas qb
Colocar todos os ingredientes com excepção das sementes de linhaça, de cânhamo e framboesas, numa liquidificadora e triturar até ficar homogéneo.
Servir numa tigela com as sementes de cânhamo, linhaça e framboesas no topo!

***

How about starting our week with another amazing instagram recipe  @eatlovewithlove
A perfectly sweet, thick and nutritious smoothie in a bowl that will kick you out of bed for the hardest day of the week! 

Happy Monday!!!

Ingredients

  • 1 large banana
  • 150ml of cold almond milk
  • 3 tbs of instant oats
  • 1 tsp of flaxseed
  • 1 tsp of hemp seeds
  • some raspberries
Add all the ingredients, except the hemp and flaxseeds into a blender and blend everything till you have a smooth texture.
Serve in a bowl and topp with hemp seeds, flax seeds and raspberries.


Visitem o Eat Love no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 

Visit Eat Love on Facebook!

Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove

Follow Eat Love on instagram @eatlovewithlove!



quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Eat Love - New York Pancakes!

Photography . Samanta McMurray
 
Eu sei que já devem estar cansados de ver esta receita por aqui. Panquecas?Outra vez?Mas, Nova Iorque que é Nova Iorque tem que ter panquecas! Panquecas fofas, doces, suculentas...mas, a meu ver também têm de ser saudáveis! Pelo menos se as quisermos consumir mais do que uma vez por mês! E esta é só mais uma das milhares de variedades que podemos fazer!

Luís costuma passar grande parte do ano nesta cidade em trabalho, e sei que lhe estava mesmo a apetecer este snack para partilhar com a família e,  por isso, resolvi dedicar-lhe esta receita que também podem ver no fabuloso blog The Afro Boy! 

Um prato típico numa versão saudável para continuarmos todos na linha!

Photography . Samanta McMurray
Ingredientes

1 banana
1 ovo
2 colheres de sopa de farinha de espelta
1 colher de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de leite de amêndoa

Topping
1 iogurte natural
1 colher de chá de geleia de morango
1 pitada de sementes de abóbora

1. Esmagar a banana com a ajuda de um garfo. 2. Misturar o ovo até ficar homogéneo. 3. Adicionar o leite de amêndoa, juntar a farinha e o cacau em pó. 4. Aquecer bem uma frigideira antiaderente e adicionar uma concha de massa, esperar 3/4 minutos e virar. 5. Retirar na frigideira e servir com pos toppings sugeridos ou outros a gosto.

Please scrooll down for english version

Photography . Samanta McMurray
Ingredients

1 banana
1 egg
2 tbs of spelt flour
1 tbs of cacao powder
1 tbs of almond milk

Topping
1 natural plain yogurt
1 tsp of strwaberry jam
1 pinch of pumpkin seeds

1. Mash the banana with a fork. 2, Add the egg and mix it with the banana. 3. Add the milk, the flour and the cacao powder and mix it evenly. 4. Preheat a pan and add a spoon of pancake dough. Wait for 3/4 minutes and flip it over. 5. Serve with the siggested toppings or other you might wish.




Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Eat Love - Nutri Tip #15

Via Pinterest

A maioria dos pais não dá cereais integrais aos filhos por assumir que eles não vão gostar.

Um estudo recente demonstrou que se se oferecer cereais integrais às crianças elas vão come-los. Os flocos de aveia, pão de trigo integral, pão de centeio, arroz integral são exemplos de cereais integrais.
Estes dados vêm realçar a importância de encorajar desde cedo o consumo de cereais integrais, uma vez que quando aliados a uma alimentação saudável podem reduzir o risco de doença cardiovascular e ser uma importante ajuda na gestão do peso.




Source: University of Florida Institute of Food and Agricultural Sciences. (2014, June 23). Offer kids whole grains; they'll eat them, study shows. ScienceDaily. Retrieved June 25, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/06/140623141734.htm

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Eat Love - I love Pizza!!

Sim, estou no país do fast-food. Não, não tem unicamente fast-food, e para pessoas como eu, que se preocupam de facto com aquilo que comem até é bastante fácil encontrar soluções alternativas e muito saudáveis! Até porque, num país tão grande como este é natural que haja também uma, igualmente grande, comunidade apologista de uma vida sã e, até vos posso dizer, bastante fundamentalista no que diz respeito a este estilo de vida.
Há muitos vegetarianos, muitos vegans, muitos frutarianos, muitos rótulos! Acho que já vi de tudo! 
E tanto há por descobrir!
Aqui vai uma adaptação saudável de um prato que normalmente é visto com maus olhos, mas que muitos de nós não conseguem tirá-lo da cabeça!

Esta receita poderá ser vista também no blog do querido Luís Borges aka The Afro Boy  que me convidou para dar um toque saudável ao seu estiloso blog! 
Esta é uma das muitas outras novidades que divulgarei em breve!


Ingredientes para 2 pizzas médias ou 1 familiar

Para a massa…
. 750g de farinha integral
. 1 saqueta de fermento de padeiro (levedura, à venda em qualquer supermercado secção das farinhas)
. 1 colher de chá de sal
.1 colher de sopa de alho em pó
. 250 ml de água morna
. 2 colheres de sopa de azeite
Para o recheio…
. 4 colheres de sopa de polpa de tomate natural
. 1 mozzarela fresca às fatias
. 2 mãos cheias de rúcula
. 10 tomatinhos cherry amarelos
. 2 colheres de sopa de requeijão
. Pimenta preta moída
. 1 fio de azeite (opcional)

Comecemos pela massa, que leva algum tempo, mas este será recompensado no tempo de cozedura da pizza que será super rápido!No primeiro passo temos de activar o fermento de padeiro (levedura) misturando-o numa tigela com 250 ml de água morna e 1 colher de azeite – deixar repousar por 15 min para que o fermento fique activo (até formar umas pequenas bolhas e cheirar a pão fermentado).Numa tigela à parte misturar a farinha, o sal, o alho em pó. Abrir um buraco no meio desta mistura e deitar a água com o azeite e a levedura previamente activados. Com as mãos deitar de fora para o centro a farinha e ir misturando a massa até juntar tudo e formar uma bola macia e elástica – se a massa estiver muito húmida acrescentar mais um pouco de farinha.Depois de formar uma bola colocar numa tigela e cobrir com um pano húmido – reservar durante 30 min a fim da massa duplicar.Após a massa duplicar dividir a bola em dois. Cada um dos pedaços servirá para fazer uma pizza média. Com a ajuda de um rolo esticar bem a massa até formar um círculo.Com a ponta dos dedos esticar a massa até à bordas para que a base fique mais fina e as bordas ligeiramente mais grossas para formar a crosta de pizza.Como não tenho uma pedra de cozinhar pizza forrei o tabuleiro do forno (pré-aquecido a 250º) com papel vegetal. Colocar a base da pizza no tabuleiro e recheá-la primeiro com 2 colheres de polpa de tomate (barrar bem para que a massa não fique ensopada), depois as fatias de mozzarela e o tomatinho cherry cortado ao meio. Reduzir a temperatura para 180º e deixar cozinhar por 10 min ou até o queijo ficar completamente derretido e crosta dourada!
Retirar a pizza e colocar a rúcula, o tomate cherry, o requeijão, a pimenta fresca moída e o fio de zeite!

Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove







sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Eat Love - Food ID #15

Photography . Samanta McMurray

Calorias por 100g

A courgette é mais um exemplo de um alimento que no contexto culinário é considerado um vegetal, contudo em termos botânicos é classificada como um fruto. “Prima” da abóbora, melão, pepino e melancia, a courgette não é mais do que uma abóbora colhida no início do seu crescimento. 
Pobre em calorias e gordura e muito rica em potássio, a courgette é o exemplo de um alimento extremamente versátil na cozinha, com a particularidade de suavizar e ajudar na digestão.

Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove

Façam like na página Nutricionista Maria Travassos!

sábado, 6 de setembro de 2014

Eat Love - Insta Recipe #1



Photography . Samanta McMurray

A partir de hoje vou começar a partilhar as receitas rápidas que publico no instagram! 
Para quem não tem instagram, porque não gosta, ou porque simplesmente não quer: já podem ter acesso às receitas dos meus pequenos-almoços diários, alguns almoços e raros jantares, por aqui! 

Para quem não sabe o meu instagram vejam aqui!

Este é um dos meus pequenos almoços favoritos! Panquecas de aveia super nutritivas e fofas! 
A melhor descoberta? Foi a Yonest, uma marca de iogurte grego caseiro de textura inigualável e sabor irrepreensível! 
Adorei o conceito, o design, o produto, a originalidade e até o nome! 
Iogurtes honestos, verdadeiros, que nos fazem bem!
Andam a ser vendidos em motoretas maravilhosas em vários eventos pela cidade, mas têm "poiso" certo no Saldanha!
Podem tomar um pequeno almoço com iogurte caseiro, e um topping à escolha de fruta ou granola! 

Uma visita a não esquecer!

Ingredientes

Panquecas

  • 1 copo de aveia
  • 1 colher de sopa de açúcar de coco Ox Nature
  • 1 pitada de gengibre em pó
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1 ovo
  • 2 colher de sopa de água 
Topping

  • Iogurte grego magro da Yonest
  • Puré de morango e pêra rocha da Yonest
1.Começar por triturar os flocos de aveia numa trituradora (caso tenham farinha de aveia não será necessário). 2.Misturar a farinha de aveia com a canela, gengibre e açúcar. 3.Colocar o ovo e a água e misturar até ficar uma massa homogénea.
4.Aquecer bem uma frigideira anti aderente em lume brando e colocar uma colher de massa de cada vez. Esperar 2 minutos ou até a panqueca formar bolinhas no topo. Virar a panqueca e esperar mais 2 minutos.
5.Servir com o topping de iogurte e puré de mornago e pêra rocha!

* * *

From now on I will start sharing my instagram recipes! 
Fro those who don't have instagram: now you can have full access to my breakfasts, some lunches and dinners also!

Anyway you can follow me here!

This is one of my favourite recipes! Oat pancakes, super delicious and nutritious!
The best discovery? The newest Homemade Greek yogurt brand, Yonest! An all natual homemade and portuguese brand with the most incredible and original greek yogurts! They are creamy, thick and all natural!
Loved the concept, design and even the name!
Honest yogurts! With true flavour!

Ingredients

  • 1 cup of oats
  • 1 tbs of coconut sugar from Ox Nature
  • 1 pintch of ginger
  • 1 pintch of cinnamon
Topping
  • Non fat natural and homemade Greek Yogurt by Yonest
  • Natural strawberry and pear pure by Yonest
1. Start by processing the oats into a flour on a blender or food processor (in case you have iat flour you don't need to do this step). 2. Mix the oat flour with ginger, cinnamon and sugar. 3. Add the egg and water and mix till you get a dough. 4. Pre-heat a non-stick pan on low heat and add small portins of dough. Wait for about 2 minutes and flip the pancake and wait another 2 minutes.
5. Serve with greek yogurt and strawberry&pear pure on top!


Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove








sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Eat Love in New York City




Neste preciso momento é muito provável que a minha pessoa esteja em plena travessia do Oceano Atlântico rumo à cidade dos meus sonhos!
Nova York! Uma cidade que não me sai do pensamento desde que me lembro de existir, talvez porque o meu querido Pai lá passou 20 anos da sua vida, e, por nunca o ter conhecido muito bem, tendo em conta que saiu deste Planeta quando eu tinha 2 anos, nunca tive oportunidade de visitar a cidade com ele. Ganhei a sua nacionalidade. Já não foi mau. Mas passear com ele pelas ruas nova iorquinas era um desejo que só mesmo os meus sonhos podem concretizar!

Decidi porém seguir um outro sonho: passar lá uma temporada, numa altura propícia (dizem que NY é mais autêntico de Setembro a Dezembro, a chamada Fall) e de preferência a fazer algo apaixonante!

Ora bem! Pus mãos à obra, contactei uma das minhas fotógrafas preferidas, para quem não sabe, é a Vanessa Rees (para mim uma das melhores no que diz respeito a food photography e com um estilo e técnica inconfundíveis) e depois de uma entrevista via Skype lá me aceitou para passar 3 meses a aprender com ela!
Quem nutre a mesma paixão que eu deve estar a pensar,"Isso é um sonho! Deves estar a delirar concerteza!".
Pois é, não estou, também pensei que era um sonho e era, a diferença foi que se tornou realidade! 
E lá vou eu!



credits. Vanessa Rees
credits. Vanessa Rees
credits. Vanessa Rees
Depois desta notícia hão-de pensar que vos vou deixar. Não! Nunca! Continuarei com os posts regulares no blog, desta vez as receitas serão ligeiramente diferentes! Receitas ainda mais práticas porque não vou estar em minha casa, fáceis de fazer, com ingredientes muito provavelmente improvisados mas ao mesmo tempo com muita alma, uma alma de quem está a viver um sonho e pretende partilhá-lo da melhor forma possível convosco!
Vou também partilhar roteiros saudáveis pela cidade, bem como apontamentos de sítios onde comprar comida saudável e truques de como ser saudável estando longe de casa e fora da nossa rotina.
Resumindo, esperem por muitas novidades e não se esqueçam de seguir o Eat Love no instagram @eatlovewithlove para estarem a par de tudo a 100%!

Espero que continuem por aí com muitas perguntas e sugestões!

Até já!


Visitem o EATLOVE no Facebook e façam like se gostarem das nossas receitas! 


Podem também seguir o Instagram @eatlovewithlove





Eat Love - Nutritip #14

Via Pinterest

Quando formos a um restaurante e fizermos uma escolha pouco saudável já podemos culpar o menu! As nossas escolhas podem muitas vezes estar mais relacionadas com o layout e descrições presentes no menu do que com as nossas verdadeiras intenções.

O estudo de Cornell, publicado no International Journal of Hospitality Management, mostrou que ao fazer escolhas num restaurante há dois factores extremamente importantes: o que vemos no menu e o sabor que imaginamos que tenha.
Qualquer prato que atraia a nossa atenção (escrito a “bold”, sublinhado, com uma cor de letra diferente ou apresentado numa caixa de texto diferente) tem maior probabilidades de ser escolhido do que o prato que está listado imediatamente a seguir. Na maioria das vezes estes pratos destacados são os menos saudáveis.

Outro exemplo interessante está relacionado com a descrição dos pratos do menu. Os investigadores citam outro estudo no qual os nomes dos itens do menu foram alterados por forma a ficarem mais descritivos. O facto de o “Filete de frutos do mar” se ter tornado no “Italiano e suculento filete de frutos do mar” foi o suficiente para aumentar em 28% as vendas, pela associação directa da descrição ao sabor.




Source: Cornell Food & Brand Lab. (2014, July 29). Menu secrets that can make you slim by design. ScienceDaily. Retrieved August 27, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/07/140729123840.htm